ALFREDO KALLES JR. ENTREVISTA O TATUADOR FÁBIO SILVA

estudio tatuagem varginha fabioNosso entrevistado de hoje é o tatuador varginhense Fábio Silva, dono do Estúdio Toca do Tattoo. Considerado um dos melhores profissionais de seu ramo no sul de Minas, sua arte tem encantado os clientes que passam pelo estúdio. Desenhista de primeira, Fábio é um tatuador muito competente e segue um padrão muito elogiado na cidade, a começar pelo atendimento exclusivo e por suas criações próprias. No bate papo que tivemos no último fim de semana Fábio Silva falou do início de tudo, das inspirações de sua carreira e revelou detalhes que ajudam comprovar que ele está no topo da preferência dos varginhenses quando o assunto é tatuagem. Confira:

Quando foi seu primeiro contato com o desenho?

Na verdade sou autodidata, desenho desde criança e nunca frequentei uma escola de artes.
Contei com a ajuda de alguns grandes artistas que no decorrer da minha trajetória, direta ou indiretamente me orientaram, incentivaram e auxiliaram no aperfeiçoamento das minhas técnicas, onde me dediquei à técnica do realismo e tive a oportunidade de pegar encomendas de desenhos de diversas regiões de Minas Gerais, o que contribuiu para o meu desenvolvimento profissional.

Você se lembra da primeira tatuagem que fez? Poderia dar detalhes?

Sim, eu tinha somente 16 anos. Um grande amigo meu havia feito uma máquina caseira e um outro amigo pediu para que eu fizesse uma tatuagem em seu braço, no primeiro momento eu me recusei, pois não me sentia confiante ao ponto de encarar uma responsabilidade tão grande mas devido a sua insistência depois de um certo tempo acabei fazendo a tatuagem.

Esse foi meu primeiro contato com a arte de tatuar e devo muito do que eu sou a esse insistente “primeiro cliente”, que diga se de passagem tem essa tatuagem até hoje.

Quantas tatuagens você já fez ao longo de sua carreira?

Na verdade não tenho ideia. São inúmeras, graças a Deus tatuei pessoas dos estados do Piauí, Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso, mas particularmente não me importo com a quantidade e sim com a qualidade e com o quanto cada arte agrega no meu conhecimento, afinal cada pessoa é única, cada pele é única e consequentemente cada tatuagem também é única e encaro cada uma como um desafio e uma evolução.

fabio tatuador varginha 01.jpgE a tatuagem mais difícil? Demorou muito?

Um grande desafio foi a autotatuagem no meu braço, afinal fechei meu antebraço esquerdo com duas imagens sacras em realismo (Lá Pietá e Jesus Cristo). Particularmente achei um pouco complicado, pois além da posição nada confortável, ainda tive que ter um controle psicológico grande para suportar (5,5 horas no Jesus Cristo) e (6 horas na Lá Pietá), com muita paciência e dedicação ocorreu tudo bem e é um dos trabalhos que eu mais orgulho de ter realizado.

Você sabe que se tornou um dos melhores tatuadores do sul de Minas?

Fico feliz por estar ganhando espaço dentro da arte, apesar de não ser o meu objetivo. Particularmente, não penso em ser melhor que ninguém afinal todo artista tem seu espaço. Encaro a tatuagem como forma de expressar a minha arte e dou o meu melhor em todos os trabalhos que faço, a fim de atender e se possível superar as expectativas dos meus clientes e amigos.

Minas Gerais é um estado que está repleto de grandes artistas em vários  estilos. Hoje em dia, a tatuagem vem quebrando tabus, derrubando paradigmas e alavancando o nome de diversos tatuadores inserindo-os no cenário artístico nacional.

E como é realizado o trabalho do seu estúdio? Você mesmo cria os desenhos ou já possui um portfólio?

Apesar de o estúdio possuir um catálogo digital com mais de 6.000 desenhos em diversos estilos para facilitar a escolha da tatuagem, alguns clientes já trazem referências das tatuagens que desejam. Particularmente prefiro não usar referências da internet, na maioria das vezes eu desenvolvo projetos exclusivos para o cliente.

A criação de uma arte exclusiva se inicia com uma conversa (entrevista) com cliente que vai me falar um pouco sobre a sua vida, sobre o motivo que o levou a tatuar, sobre seu trabalho, sua vida social, o que lhe agrada dentro da arte, com qual estilo de arte o cliente mais se identifica, enfim, dessa forma a tatuagem é elaborada e personalizada.

fabio tatuador varginha 00E suas inspirações profissionais?

Busco inspiração em artistas especializados em realismo, que é o meu estilo preferido dentro da arte, dentre eles:
Charles Laveso, Fernando Souza, Fernando tampa entre outros.

Quais os avanços na arte de tatuar nos últimos tempos? Os tatuadores estão se preocupando com a saúde do cliente?

Acredito que os avanços são notórios quando comparamos tatuagens dentro de um período evolutivo médio de 10 anos.

Atualmente os profissionais da área vêm se especializando e aperfeiçoando suas técnicas por meio de workshops, convenções, maior contato entre tatuadores (aumentando a troca de conhecimentos), fácil acesso às fontes de pesquisa, além de que a indústria se empenha a fornecer produtos de ótima qualidade, que visa a satisfação com a segurança tanto do profissional quanto do cliente final.

Procuro sempre participar de workshops e convenções, no meu estúdio, por exemplo, os materiais são 100% descartáveis, o ambiente é climatizado e o descarte de resíduos é realizado de acordo com as normas da ANVISA, contribuindo com a sustentabilidade, visando sempre, a qualidade e o bem estar dos clientes.

Deixe uma mensagem aos parceiros e clientes:

Agradeço primeiramente a Deus pelas oportunidades que me foram concedidas, agradeço aos meus familiares amigos pelo apoio, e aos meus clientes pela confiança em mim depositada.

SERVIÇO:

Studio Toca do Tattoo

Av. Dom Ottom Mota, 485 – Santana – Varginha

✆ (35) 98863-6770

Anúncios

Os comentários estão desativados.