Empreendimento de Sucesso | Ville de France

A Ville de France é uma empresa que todo mundo adora em Varginha, onde você encontra os melhores perfumes importados.

A perfumaria é uma referência na cidade e em todos esses anos de atividade só soube dar alegrias à clientela.

Sempre apresentando lançamentos, seus produtos são originais e sua linha é bem variada, atendendo do público infantil ao adulto, com fragrâncias deliciosas.

Outro destaque da Ville de France, que é a única loja de renome de sua área na cidade, são suas maquiagens e outros cosméticos de marcas internacionais.

Faça uma visita a uma das duas unidades da loja e confira as novidades.

A Ville de France deseja a todos os clientes e amigos um Feliz Natal e Próspero 2018, e agradece a parceria!

Ville de France

Loja 1 – Av. São José, 106 – Centro – Varginha

Loja 2 – Via Café Garden Shopping

✆ (35) 3222-8011

Anúncios

Empreendimento de Sucesso | Patrulha Canina Banho e Tosa

patrulha canina varginha banho e tosa

A Patrulha Canina é uma empresa que ganha nota 10 dos varginhenses pela qualidade do seu atendimento.

Motivado a realizar excelentes serviços com banho e tosa, o espaço tem ótimos profissionais para receber e cuidar do seu animal de estimação.

Suas instalações são higiênicas e muito bem localizadas, no centro de Varginha, próximo à Skina da Ração e à praça Santa Cruz.

É grande o carinho que eles conduzem este trabalho na Patrulha Canina, que deu um show de profissionalismo em 2017 e surpreendeu os clientes pelo padrão dos serviços e pela simpatia.

A equipe Patrulha Canina Banho e Tosa agradece a preferência e deseja a todos os clientes, parceiros e amigos um Feliz Natal e Próspero 2018!

Patrulha Canina Banho e Tosa

Rua Santa Cruz, 345 – Centro – Varginha

✆ (35) 3212-7276

Profissional de Sucesso | Ricardo Augusto Chagas

ricardo augustoRicardo Augusto Chagas segue como um dos mais respeitados nomes da contabilidade varginhense.

O contador está à frente da Prodasul, um importante e conceituado escritório da cidade, onde os clientes, pessoas físicas e jurídicas, têm acesso a inteligentes e confiáveis serviços.

Determinado e obstinado quanto ao exercício de sua profissão, Ricardo também integra a lista dos melhores profissionais de sua área na cidade e tem nosso total respeito.

Na Prodasul seu trabalho é conduzido com destacáveis ética e dinamismo, e sua experiência no mercado aumenta ainda mais a admiração de colegas de profissão, clientes, parceiros e amigos.

SERVIÇO:

Prodasul Contabilidade e Consultoria

Av. Oswaldo Cruz, 10 – Novo Horizonte – Varginha

✆ (35) 3221-1064

Profissional de Sucesso | Dr. Riquelds Amadeu Dias Bagne

riquelds-varginha

Dr. Riquelds Amadeu Dias Bagne é um profissional de extrema importância para o setor odontológico varginhense.

Responsável por trilhar uma carreira com ótimas referências, ele tem a honra de compor a lista dos melhores cirurgiões-dentistas da nossa região.

Atendendo em uma exemplar e bem pontuada clínica na cidade, seu trabalho é um orgulho para sua classe e sua conduta segue como um modelo para tantos outros novos nomes que vêm adentrando o setor odontológico na cidade.

Dr, Riquelds é merecedor de todo prestígio conquistado ao longo de todos esses anos e sua seriedade em conduzir a profissão que lhe abriu portas e assegurou tamanha aprovação.

Dr. Riquelds Amadeu Dias Bagne

Rua Alferes Joaquim Antônio, 16 – Vila Pinto – Varginha

✆ (35) 3212-4199

Conta conjunta ou separada? Eis a questão

finanças_casal.jpg

Quando se assume uma vida a dois, o casal, via de regra, decide compartilhar a vida, as emoções, as conquistas, as derrotas. Mas, quando o assunto é compartilhar ou não a conta bancária, esta decisão pode ser mais difícil do que se imagina. Há, por exemplo, quem considere uma grande facilidade ter a conta conjunta. Outros, porém, fazem questão absoluta de mantê-las separadas.

O fato é que dinheiro é um dos principais motivos de conflitos entre os casais, segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. Dados do estudo mostram que 7 a cada 10 casais discutem por causa das finanças. E a questão da conta conjunta ou separada é um verdadeiro dilema para quem decide se casar.

Praticidade ou individualidade?
Segundo a psicóloga e terapeuta de casais, Marina Simas de Lima, cofundadora do Instituto do Casal, independente do sistema adotado, a questão financeira, se não for bem administrada, pode mesmo gerar sérios conflitos em uma relação afetiva. “A regra de ouro é que o casal esteja de comum acordo sobre como vai organizar as finanças. Tudo depende de como cada um lida com a experiência, seja numa conta compartilhada ou separada”.

“Há muitos casais que optam pela conta conjunta justamente pela praticidade financeira e pela economia com as tarifas bancárias, além da questão de segurança, caso alguém falte ou fique impossibilitado de movimentar a conta”, comenta Marina.

Para a psicóloga, independente do sistema adotado, o importante é que a gestão financeira seja objeto de um planejamento conjunto para atingir objetivos comuns, independente de quem e de quanto é a contribuição.

Senso de autonomia
Por outro lado, as contas individuais podem trazer um senso de autonomia que faz bem à relação afetiva. “Ter contas separadas pode dar ao casal uma certa dose de individualidade saudável. Se a questão financeira funciona bem, não há problema algum nessa separação”, comenta a psicóloga e terapeuta de casais, Denise Miranda de Figueiredo, cofundadora do Instituto do Casal. “Há ainda aqueles que preferem manter contas separadas e, assim, evitar possíveis cobranças do outro sobre o que gastou e o quanto gastou”, acrescenta.

Denise comenta que há casais que buscam uma espécie de meio termo quando o assunto é compartilhar ou não a conta bancária. “Muitos criam uma conta conjunta e mantêm suas contas individuais ativas. A conta conjunta serve para pagar as despesas em comum e a conta individual é utilizada para gastos pessoais. “Se funciona bem para o casal, é válido”.

Somar e não dividir
De qualquer maneira, é preciso lembrar que em um relacionamento é preciso somar e não dividir. “Quando ambos contribuem para as finanças do casal, pode ser mais fácil atingir os objetivos, como comprar uma casa, por exemplo. Independente do sistema bancário adotado, é importante que os casais decidam juntos como vão gerir os recursos financeiros. Manter uma vida a dois de forma saudável passa também pela administração coerente das finanças”, concluem as especialistas.

Cátia Fonseca voltará à TV aberta depois de 15 anos

catia fonseca.jpg

A apresentadora Cátia Fonseca, que acaba de deixar a TV Gazeta para compor o time de profissionais da Band está eufórica com sua contratação.

Se preparando para estrear já no início de 2018, ela comemora seu retorno à TV aberta depois de 15 anos comandando o “Mulheres”.

Sobre o salário que vai receber na nova emissora não se comenta nada, mas existem rumores que ela ganhará 10 vezes mais que ganhava na Gazeta.

Férias escolares: acidentes envolvendo os olhos aumentam no período

Depositphotos_5358652_original-199x300Todos os anos, cerca de 250 mil crianças com menos de 15 anos sofrem algum tipo de acidente envolvendo os olhos – principalmente durante o período de férias escolares e feriados prolongados. De acordo com a Academia Americana de Oftalmologia, 41% dessas ocorrências acontecem entre 10 e 14 anos – como resultado de brincadeiras com armas de brinquedo, flechas, bastões e bolas. “Qualquer coisa que puder atingir os olhos, certamente vai atingir os olhos. Não dá para obrigarmos as crianças a usar capacetes de motociclista o tempo todo”, diz David Hunter, médico oftalmologista e porta-voz da instituição.

O médico comenta que até mesmo uma aparentemente simples brincadeira de “guerra de toalhas” pode resultar numa catástrofe se uma das pontas atingir a córnea. Acidentes envolvendo espadas, tacos e bastões também ocorrem bastante. Apesar de graves, esses exemplos nem são os mais comuns quando comparados aos acidentes com produtos de limpeza – que queimam, ardem, agridem, irritam e cortam os olhos das crianças. Hunter diz que nas salas de emergência ocular é muito comum encontrar como causa do acidente lençóis, garrafas, cintos, livros, vassouras, pauzinhos, luzes de árvore de Natal, lápis, chaves, clipes, grampeadores, zíperes etc.

De acordo com Renato Neves, cirurgião-oftalmologista e presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo, é preciso que os pais estejam mais bem informados sobre os riscos escondidos dentro de casa e imponham limites de acordo com a faixa etária da criança. “O bom senso é o melhor dos professores. Ou seja, se acha que determinada brincadeira pode acabar mal, é porque pode mesmo. Os brinquedos de propulsão, como as armas de ar, de água ou até mesmo aquelas de jato de tinta, oferecem risco grande de dar errado. Abrasão da córnea, aumento da pressão ocular e até mesmo uma catarata traumática podem resultar desse tipo de acidente”, diz o médico.

O especialista afirma que a própria agressividade de crianças entre seis e dez anos de idade pode elevar a ocorrência de acidentes. Nestes casos, os pais devem procurar com urgência um serviço especializado, a fim de que os olhos da criança sejam examinados com mais detalhes e tratados sem perda de tempo – o que, em alguns casos, pode significar a preservação do sentido. “Enquanto o paciente é levado ao médico, é recomendável usar compressas geladas no local contundido, sem massagear ou esfregar. Já em caso de perfurações, o ideal é colocar uma proteção ao redor dos olhos, como um copo plástico, sem fazer pressão no olho afetado”.

Neves alerta, também, que os olhos costumam ser muito afetados nos acidentes com aerossol, quando a criança está tentando utilizar ou brincar com desodorantes, perfumes, protetor solar, repelente, produtos de limpeza, tintas etc. “Quando a criança aponta o spray em sua própria direção, as irritações são as consequências mais frequentes, seguidas de queimaduras químicas, arranhões e ferimentos no globo ocular provocados por coceira. Os danos dependem do produto borrifado nos olhos. Por isso, dependendo da gravidade, é importante enxaguar bem os olhos da vítima e seguir sem demora até uma clínica oftalmológica, tomando o cuidado de levar a embalagem do produto para que o médico saiba exatamente que medida tomar”.